SH 39 - Paraíbe-se!

1:50:23
 
Teilen
 

Manage episode 242779018 series 86116
Von Sobre Historia Podcast entdeckt von Player FM und unserer Community - Das Urheberrecht hat der Herausgeber, nicht Player FM, und die Audiodaten werden direkt von ihren Servern gestreamt. Tippe auf Abonnieren um Updates in Player FM zu verfolgen oder füge die URL in andere Podcast Apps ein.
Tempos atrás, na década de 1990, entre parte da classe média carioca era muito comum a generalização do nordestino como “Paraíba”. Nas escolas particulares do Rio, “Paraíba” era sinônimo de tudo que era atrasado, feio, brega, fora de moda ou burro. Felizmente, com o tempo, esse termo preconceituoso e grosseiro foi caindo em desuso desaparecendo da boca da juventude classe média privilegiada carioca. Entretanto, recentemente, o presidente Jair Bolsonaro, referindo-se ao governador do Maranhão Flávio Dino, utilizando a expressão “Paraíba” ressuscitou o termo. Mas, afinal, o que é ser nordestino? Porque nos referimos ao Nordeste de maneira tão generalizante? Podemos afirmar que o Nordeste é uma invenção? Quais interesses a invenção do Nordeste procurava e procura atender? Quais são as representações dos nordestinos ao longo da história? Venha conosco entender que o Nordeste é muito mais do que seca, messianismo, cabra macho, coronel e cangaceiro! Esse é o Sobre História número 39: Paraíbe-se! Participantes: Mariana Lins, Marina Sá, Karla Rodrigues, Licia Quinan e Armando Ferreira Referências citadas no programa: Livro de Durval Muniz de Albuquerque: "Invenção do Nordeste e outras artes" Livro de Durval Muniz de Albuquerque: "Nordeste: uma invenção do falo" Peça de teatro: "A Invenção do Nordeste" - grupo Carmim Livro de Gilberto Freyre: "Casa Grande e Senzala" Euclides da Cunha "Os Sertões" Graciliano Ramos. "Vidas Secas" João Cabral de Mello Neto " Morte e Vida Severina" ARIÈS, Philippe. História social da criança e da família. Trad. Dora Flaksman. 2ª edição. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1981. p.279 FRABBONI, Franco. A Escola Infantil e a Ciência Pedagógica. 1998 BENJAMIN, WALTER, Reflexões: a criança, o brinquedo, a educação. São Paulo-SP: Summus, 1984. COSTA, Jurandir Freire. Ordem médica e norma familiar. Rio de Janeiro: Graal,1989. p.153-273 PINTO, Manuel; SARMENTO, Manuel Jacinto. (coord.) As crianças: contexto e identidades. Braga: Centro de Estudos da Criança - Universidade do Minho, 1997. p.25 PRIORE, Mary Del. História das crianças no Brasil. São Paulo: Contexto, 1999. p.60-130 SARMENTO, M.J. As culturas da infância nas encruzilhadas da 2ª modernidade. Braga: Instituto de Estudos da Criança, Universidade do Minho, 2003. https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/trabalho/17270-pnad-continua.html?=&t=o-que-e (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) https://www.ilo.org/brasilia/temas/trabalho-infantil/lang--pt/index.htm (Organização Internacional do Trabalho) http://renastonline.ensp.fiocruz.br/recursos/boletim-epidemiologico-transtornos-mentais-relacionados-trabalho-brasil-2006-2017 (Sistema de Informação de Agravos de Notificação) https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Programa_de_Erradica%C3%A7%C3%A3o_do_Trabalho_Infantil (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil - PETI) https://youtu.be/Ab2ZFnqu4dg (A História da Infância) https://youtu.be/Xa8v6DFdTvo (Na Íntegra - Clarice Cohn e Mary Del Priori) Livro de Mary Del Priori: Ao Sul do Corpo Coleção de Livros: História da Vida Privada Coleção de Livros: História da Vida Privada no Brasil Documentário Ônibus 174. 2002 Livro de Michel Foucault: Sociedade Disciplinar. Livro de Ariano Suassuna: "Auto da Compadecida" Livro de Ariano Suassuna: "Romance da Pedra do Reino e o Príncipe de Sangue do Vai-e-Volta" Livro de José Lins do Rego: "Fogo Morto" Livro de José Lins do Rego: "O Moleque Ricardo" Livro de Jorge Amado: "Capitães de Areia" Filmes: "Vidas Secas" direção Nelson Pereira dos Santos (1963), "Deus e o Diabo na Terra do Sol" direção Gláuber Rocha (1964), "O Auto da Compadecida" direção Guel Arraes (2000)e "Lisbela e o Prisioneiro" direção Guel Arraes (2003).

78 Episoden