Sociedade em Foco #65: Mercado financeiro se frustra com a própria ilusão do sonho liberal, afirma especialista

8:15
 
Teilen
 

Manage episode 286357530 series 2733261
Von Jornal da USP entdeckt von Player FM und unserer Community - Das Urheberrecht hat der Herausgeber, nicht Player FM, und die Audiodaten werden direkt von ihren Servern gestreamt. Tippe auf Abonnieren um Updates in Player FM zu verfolgen oder füge die URL in andere Podcast Apps ein.

O Brasil vive mais uma vez um momento de oscilações. As mudanças dos rumos políticos com as eleições de fevereiro na Câmara dos Deputados e no Senado, juntamente com as novas políticas econômicas levantadas pelo Planalto, colocaram em xeque os rumos de diversos âmbitos do País. Somados a esses fatores, os estragos financeiros e sanitários promovidos pela pandemia do novo coronavírus preocupam especialistas.

O doutor em História Econômica pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), José Luiz Portella, analisa o momento. Para ele, a instabilidade tem relação direta com as decisões do governo. “O mercado criou uma fantasia e agora está entrando nessa decepção”, compartilha o professor neste episódio do Sociedade em Foco. Com isso, ele identifica que medidas como a interferência do governo na Petrobras simbolizam o fim do “sonho liberal”, mote usado por Bolsonaro em sua campanha presidencial de 2018 e, consequentemente, de parte do respaldo que ele tinha na população.

“[Bolsonaro] tem certas convicções liberais, desde que elas não atrapalhem seus planos pessoais, e eu acho muito difícil implantar o liberalismo no Brasil de uma hora para outra, com tanta desigualdade”, complementa Portella, que resume os sintomas da crise em duas palavras: inconstância e volatilidade. Esses dois fatores dificultariam a discussão de novas reformas econômicas e de novos investimentos para o País.

Apesar do rombo financeiro, maximizado pelos impactos da pandemia da covid-19, José Luiz Portella prevê um esforço político para novas mudanças, mas que devem esbarrar no teto de gastos. “Vem aí o Bolsa Família robustecido no segundo semestre, porque o problema agora não é pontual, não é a covid-19 só em si, é o que a covid-19 está realizando. Então, nós vamos ter um desemprego alto por muito tempo”, analisa, destacando que o Bolsa Família deve ser utilizado como forma de garantir mais prestígio ao governo.


Momento Sociedade
O Momento Sociedade vai ao ar na Rádio USP todas as segundas-feiras, às 8h30 – São Paulo 93,7 MHz e Ribeirão Preto 107,9 MHz e também nos principais agregadores de podcast

.

69 Episoden