Momento Sociedade #59: Emoção se sobrepõe à análise racional na escolha de candidatos

9:24
 
Teilen
 

Manage episode 278501827 series 2733261
Von Jornal da USP entdeckt von Player FM und unserer Community - Das Urheberrecht hat der Herausgeber, nicht Player FM, und die Audiodaten werden direkt von ihren Servern gestreamt. Tippe auf Abonnieren um Updates in Player FM zu verfolgen oder füge die URL in andere Podcast Apps ein.

O segundo turno das eleições municipais se aproxima e a opção por um candidato a prefeito continua sendo uma realidade para 57 cidades brasileiras. José Luiz Portella, doutor em História Econômica pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, avalia os critérios utilizados pelo eleitor ao definir seu voto e o resultado dessa decisão após as eleições neste episódio do Momento Sociedade.

Ele conta que, na maioria das vezes, “o comunicador se sobrepõe ao gestor”, ou seja, o eleitor leva mais em consideração a simpatia do candidato do que a real capacidade de cumprir a agenda do governo e as políticas públicas defendidas em campanha. “Somos mais passionais, votamos com a emoção e não analisamos a fundo racionalmente o projeto de governo. Nós, como eleitores, sempre nos colocamos como vítimas, jogando a culpa nos políticos, mas precisamos passar a fazer nosso dever de casa”, aponta Portella.

Além disso, após o período eleitoral, o acompanhamento dos candidatos é feito de maneira superficial. Para que esse abandono não aconteça, Portella acredita que seja necessária a ação de um órgão que organize informações relevantes para o cidadão de maneira contínua e não fragmentada: “Precisamos elencar as políticas públicas e organizar esse processo para o eleitor, assim como a discussão da imprensa focar mais na capacidade de gestão dos candidatos e não só na comunicação durante o período pré-eleitoral”.

Saiba mais ouvindo a entrevista na íntegra.

70 Episoden