85: Por que comemorar a Independência do Brasil

2:05:45
 
Teilen
 

Manage episode 241534058 series 1041827
Von Senso Incomum entdeckt von Player FM und unserer Community - Das Urheberrecht hat der Herausgeber, nicht Player FM, und die Audiodaten werden direkt von ihren Servern gestreamt. Tippe auf Abonnieren um Updates in Player FM zu verfolgen oder füge die URL in andere Podcast Apps ein.
Guten Morgen, Brasilien! Em mais uma aula de história – o tema preferido de 11 em cada 10 ouvintes do Guten Morgen – chamamos novamente o Tio Careca, o grande Evandro Pontes, para comentar um dos temas mais obscuros e que, na verdade, nada sabemos sobre nossa história: afinal, por que devemos comemorar a Independência do Brasil de Portugal, celebrada no 7 de setembro? Afinal, não temos passaporte europeu, não ganhamos em euro, nossos times não jogam na Champions League... então, que motivos temos para comemorar a Independência do Brasil? A grande verdade é que nada sabemos sobre essa data. Dá até impressão de que a Independência foi decretada apenas por preguiça de mandar cartas para Portugal. Falando em cartas, D. Pedro I havia recebido cartas que o deixaram p da vida, e aí que deu-se o famoso e difamado grito do Ipiranga. O que essas cartas diziam, que o deixaram tão emputecido? Diga-se ademais: a figura de D. Pedro I é a mais destruída pela historiografia brasileira moderninha. Retratado como alguém burro, incapaz, atrapalhado, mimado e grosseiro, D. Pedro I talvez tenha sido não apenas alguém inteligente, sagaz, exímio jogador de xadrez e que se sacrificou (literalmente) por uma causa maior, mas talvez possa ser considerado simplesmente nosso maior herói nacional. Por que não sabemos disso? Por que nada sabemos sobre a Imperatriz Leopoldina ou sobre D. João VI, capaz de passar a perna em ninguém menos do que Napoleão Bonaparte, que não conseguiu dominar Portugal durante as guerras napoleônicas e deixou o baixinho a ver navios (literalmente) em seu ímpeto de espalhar a Revolução Francesa e o Código Napoleônico por toda a Europa continental, antes de enfrentar seu maior inimigo, a conservadora e liberal monarquia britânica com sua armada imperial pelos mares? O próprio Grito do Ipiranga é difamado pela historiografia moderna: D. Pedro I estaria com uma disenteria brutal, não teria dado grito algum e estaria montado em um jegue. Será que isso é verdade? Em uma verdadeira aula de história e Direito Constitucional, Evandro Pontes contará por que a Independência do Brasil foi tão importante, por que D. Pedro I foi um homem a ser admirado e ter monumentos dedicados a si por todo o país, o que estava sendo disputado no começo do século XIX e por que deveríamos nos orgulhar de ter um imperador capaz de criar, na época, a melhor faculdade de Direito do mundo em Olinda. Aliás, você também entenderá por que devemos tanto celebrar uma instituição hoje considerada folclórica e ultrapassada: a própria monarquia, de nossos heróis como Leopoldina, D. Pedro I e II, princesa Isabel, D. João VI... A produção é de Filipe Trielli e David Mazzuca Neto no estúdio Panela Produtora, com produção visual de Gustavo Finger, da Agência Pier. Guten Morgen, Brasilien!

114 Episoden